Concurso da Susipe começa neste domingo em seis municípios

No próximo domingo, 11, serão realizadas as provas para nível médio e superior do concurso público da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe). No total, 27.938 candidatos farão provas para concorrer a 469 cargos entre nível médio e superior. Ao todo, o certame oferta 969 vagas para os níveis médio e superior; as provas para agente prisional ocorrerão somente no dia 18 de março. As provas serão realizadas em Belém, Altamira, Marabá, Castanhal, Itaituba e Santarém. A empresa organizadora é a Assessoria em Organização de Concursos Públicos (AOCP).
 
No nível médio, o cargo com maior número de inscritos foi o de Assistente Administrativo para o pólo da região metropolitana, com 9.879 candidatos. Para o nível superior, o cargo com maior número de inscritos foi para Técnico em Gestão Penitenciária – Pedagogo, com 838 inscritos. O salário inicial bruto para assistente administrativo, assistente de informática, técnico de enfermagem e eletricista é de R$1.599,20. Já para o nível superior a remuneração inicial bruta é de R$3.636,72.
 
Os candidatos devem estar atentos para os horários e locais de prova. No domingo pela manhã serão realizadas as provas para os cargos de Assistente Administrativo, Enfermagem, Pedagogo (Especialista em Educação) e Técnico em Gestão de Informática, iniciando às 08h05, com abertura dos portões às 07h. No horário da tarde, com início das provas às 14h30, com abertura do portão 13h30, os candidatos aos cargos de Assistente de informática, eletricista, Técnico em enfermagem, Administração, Biblioteconomia, Ciências Contábeis, Estatística, Biomedicina, Medicina, Medico Psiquiatra, Odontologia, Psicologia, Serviço Social, Arquitetura, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica e Engenheiro de Segurança do Trabalho. Todas as provas têm duração de 4 horas.
 
Para ingresso nos locais de prova os candidatos devem levar documento oficial com foto e cartão de inscrição.
 
Etapas - O concurso público da Susipe será constituído de duas fases, observadas as peculiaridades do cargo a qual cada candidato concorre. A primeira fase será composta das seguintes etapas: prova objetiva e discursiva, de caráter eliminatório e classificatório; avaliação psicológica, de caráter eliminatório; exame médico, de caráter eliminatório; prova de aptidão física, de caráter eliminatório; investigação social para verificação de antecedentes pessoais, de caráter eliminatório e avaliação de títulos, de caráter classificatório, para os cargos de nível superior, sendo, porém, facultada a sua exigência.
 
A segunda fase será a etapa referente a realização do curso de formação profissional, no Instituto de Ensino e Segurança do Pará (Iesp), com carga horária mínima prevista de 400 horas, de caráter eliminatório e classificatório. Será considerado aprovado no concurso público, após a realização da primeira fase, o candidato que atender aos requisitos de carga horária, frequência e nota mínima exigidos no Curso de Formação Profissional.
 
Fonte: Agência Pará