Estação Cidadania prevê atendimento mensal a 18 mil pessoas no Jurunas

 

 
Um dos bairros mais populosos de Belém, o Jurunas, ganhou na manhã desta quarta-feira, 6, uma unidade própria do programa Estação Cidadania, espaço de atendimento integrado que oferece à população um conjunto de serviços de utilidade pública. A estrutura foi projetada para oferecer até 18 mil atendimentos por mês, entre emissões de documentos, realização de cursos e disponibilização de acesso à internet, entre outros. O novo centro, entregue pelo governador Simão Jatene, é a terceira unidade do programa no Estado, obedecendo à diretriz do atual governo de manter os programas bem sucedidos implantados em gestões anteriores.
 
 
"Estamos apenas cumprindo com a nossa obrigação ao entregar este espaço para a comunidade jurunense. Ao mesmo tempo em que temos motivos para festejar, precisamos refletir, pois, em pleno século XXI estamos comemorando um gesto simples, que é o de garantir ao cidadão o direito de ter uma carteira de identidade. Isso é uma grande contradição e mostra como a nossa sociedade ainda tem uma longa caminhada a percorrer para se tornar efetivamente contemporânea”, enfatizou Jatene.
 
O governador que também pediu o apoio dos servidores públicos para garantir o atendimento de qualidade ao cidadão. “Se o servidor que trabalhar aqui não perceber que a pessoa que entra por aquela porta é quem paga o seu salário e que por isso merece o melhor atendimento possível, esse projeto não terá chance de dar certo. Quem atuar aqui terá de assumir a responsabilidade de prestar um serviço público de qualidade”, afirmou. (Clique aqui para ouvir o discurso do governador)
 
 
 
Com uma população de 64,5 mil pessoas – o que representa 4,6% da população da capital paraense – a chegada da Estação Cidadania no bairro do Jurunas foi considerada uma vitória para os moradores da área. No espaço funcionarão postos da Polícia Civil, Delegacia Regional do Trabalho (DRT), Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Defensoria Pública, Banpará e Procon. Com isso, o cidadão poderá obter, em um único lugar, documentos essenciais como carteiras de identidade, carteiras de Trabalho, Título de Eleitor e até se cadastrar no Sistema Nacional de Empregos (Sisne). A Estação abriga, ainda, um infocentro equipado com 11 microcomputadores, que oferecerá cursos de informática e acesso à internet para os usuários.
 
 
 
Morador do bairro há 60 anos, o líder comunitário João Cruz, 68 anos, disse que o espaço trará mudanças significativas para a população. “Para conseguir tirar um documento simples de identidade tínhamos que pegar dois ônibus e perder um dia inteiro. Agora, tudo ficou muito mais simples. Estamos muito felizes com essa iniciativa do governador, até porque isso foi uma ação espontânea dele, não foi nem uma promessa feita em campanha”. Os líderes da comunidade jurunense recepcionaram o governador Simão Jatene com fogos e muitos aplausos.
 
 
Ampliação - Segundo a secretária estadual de Administração, Alice Viana, a previsão é que novos postos da Estação Cidadania sejam implantados em todo o estado. O Distrito de Icoaraci e o bairro da Cabanagem serão os próximos a receber unidades do programa. No interior, já existe uma Estação implantada em Paragominas e o governo prevê a expansão do serviço para os municípios de Santarém e Marabá. “O nosso maior objetivo é que o cidadão possa ter acesso a um conjunto de serviços prestados pelo Estado de forma gratuita e ágil”, afirmou.
 
Portal – Durante a cerimônia de inauguração da Estação Cidadania, a secretária Alice Viana fez o lançamento do Portal Estação Cidadania, que disponibilizará através da internet serviços que se propõem a simplificar a vida do cidadão, com qualidade, rapidez, eficiência e conforto, através do site www.estacaocidadania.pa.gov.br. Pela homepage o cidadão também poderá agendar atendimento em todos os serviços ofertados na unidade.
 
 
Serviço: A Estação Cidadania do bairro do Jurunas funcionará para atendimento ao público de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, na Travessa São Silvestre, esquina da Rua Tupinambás.
 
Parceiros e serviços:
 
Polícia Civil do Estado do Pará
 
- Emissão da Carteira de Identidade e atestado de antecedentes criminais.
 
Delegacia Regional do Trabalho
 
- Emissão da Carteira de Trabalho e Previdência Social.
 
Tribunal Regional Eleitoral
 
- Emissão de Título de Eleitor (1ª e 2ª via, revisão e transferência).
 
Defensoria Pública do Estado
 
 - Assistência jurídica cível integral no âmbito do direito de família, previdenciário, consumidor, possessório – posse e propriedade, sucessório – inventários e arrolamentos, ações constitucionais (mandados de segurança) e ações coletivas ) civis e públicas), dentre outros.
 
Secretaria de Estado do Trabalho, Emprego e Renda - Seter//Sine
 
- Intermediação ao emprego;
 
- Atendimento de seguro desemprego;
 
- Informações sobre o Plano de Educação Profissional.
 
Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos - Sejudh/ Procon
 
- Serviços de Proteção e Orientação de Defesa ao Consumidor.
 
Banpará
 
- Recebimentos de boletos bancários e Abertura de Contas
 
Cartório
 
- Reconhecimento de Assinatura;
 
- Autenticação de documentos;
 
- Registro de Assinatura.
 
Empresa de Processamento de Dados do Pará (Prodepa) e Secretaria de Estado de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia (Sedect)
 
- Acesso gratuito à internet e capacitação básica em informática, através de cursos e oficinas, por meio da instalação de infocentro.
 
 
 
Imagem: 
sites/default/files/images/estacaocidadania_0.jpg